sábado, 26 de dezembro de 2015

Megas Sagas - O triste futuro (e presente) dos quadrinhos

Lembro da primeira HQ de herois que chegou em minha casa, meu irmao havia comprado Novos Titãs nº 03

Gostei muito da historia, pouco tempo depois ele comprou essa hq do super homem
Foi então que comecei a me aventurar no mundo dos super heróis,  foi só questão de tempo até descobrir a marvel, com os x-mem, quarteto fantastico. Uma coisa que difere e muito, as historias daquele tempo para as de hoje, é o fato que antes, era muito mais facil acompanhar as historias, no geral, eram curtas, duas, tres edições no maximo. A classica historia "DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO' por exemplo, foram apenas duas edições, grandes sagas eram mais raras. 

Infelizmente, hoje em dia, praticamente todo ano, as editoras se veem obrigadas a criarem uma mega saga que envolva todo seu universo, é praticamente uma piada que ouvimos todo ano "após essa saga, o universo nunca mais será o mesmo" São Crises infinitas, guerras civis, guerras secretas, e tantas outras.

Isso limita o surgimento de boas historias, pois o que pode fazer um autor de hq, que quer fazer uma boa historia, mas fica preso a mega saga do ano, ele tem um plano, uma excelente ideia, mas tem que abortar, por causa que seu heroi, vai ter um papel importante na saga que virá.

Neste ano, tivemos CONVERGENCE, da Dc, que foi um lixo sem tamanho, e tivemos GUERRAS SECRETAS, da marvel, que ainda não se encerrou, e que esta muito, muito foda.

















Nenhum comentário:

Postar um comentário

posta ae