quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

O silencio dos inocentes

Sempre acesso putaria, desde que conheço internet (2000) vou atras de pornografia,  putaria é tudo de bom, sites de safadeza tambem, mas tem um lado ruim, que eu sempre soube que existe, mas que por incrivel que pareça, eu nunca havia topado, até ter criado este blog, e ter ido atras de putaria para os posts sobre HARDCORE.

Duas coisas que acabei encontrando na ultima semana, ABUSO DE CRIANÇAS e ABUSO DE ANIMAIS, pedofilia, tive contato na época que usava o Emule para baixar putaria, e no meio dos pacotes de sexo, vira e mexe vinha algo do tipo, mas nunca havia topado com sites antes, e abuso de animais. Não, não estou me referindo a boa e velha zoofilia, que é cavalo comendo mulher, cachorro comendo mulheres, elas pagando boquete para eles, não, estou falando de animais "passivos" e torturados.

É foda saber que tem gente que abusa sexualmente de crianças, crianças mesmo, não estou falando nem de adolescente que ja tem corpo de mulher, estou falando de crianças, que nem tem idade para pensar em namoradinho, isso é totalmente repugnante, voce pode questionar "ain nerd supremo, voce gosta de hentai, hentai ta cheio de desenhos de crianças sendo abusadas" eu vejo muita putaria, vejo muito hentai, posso até estar errando em ver esses desenhos, mas uma coisa foi eu ver desenhos, outra coisa foi ver fotos de meninas sendo abusadas, totalmente repugnante, nada, nada justifica um homem adulto, se deitar com uma criança, porra, quer comer uma pepeca e é feio demais? vai no puteiro e mata seu desejo carai.

E quanto aos animais, como disse, o que vi, me fez ter vergonha da raça humana, não foram apenas fotos de animais sendo penetrados, havia coisa mais doentia ainda, os coitados sendo mutilados. Horrível, coisa de filme de terror, como em nome de odim, alguem é doente a esse ponto?

Tudo tem um limite, o foda, é que pelas fontes, textos, os sites são sei la, ulkrania, russia, algum país oriental, nem sei como se faz para denunciar eles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

posta ae